Descaraterização da Brigada de Trânsito...

O FIM DA BRIGADA DE TRÂNSITO E SUA CARACTERIZAÇÃO

 

A BRIGADA DE TRÂNSITO foi criada em 1970.

Devido a sua missão e atuação, ser de elevado perigo e risco, estando os seus militares sempre expostos no terreno, foi então adotada uma imagem de visibilidade para os condutores e segurança para os militares.

Foi decidido que os carros brancos e mais tarde com uma lista laranja, seriam mais facilmente visíveis para os condutores, quer em condições meteorológicas normais, quer em condições meteorológicas adversas.

 

No início, todos os militares usavam capacete, pois além de o patrulhamento ser efetuado principalmente de motociclo, a sua visibilidade para os condutores era maior, em virtude do branco.

Foi introduzido no fardamento, um fato de chuva de alta visibilidade para os condutores, de cor verde-claro, pois era facilmente visível pelos condutores, quando em condições climatéricas adversas e os seus militares estivessem expostos na estrada, por motivos de acidente ou incidente.

 

Os militares da Brigada de trânsito, usavam barrete branco, cinturão branco, carros brancos e fatos verdes, não por mero acaso, mas por uma questão de visibilidade e sua segurança.

Mais tarde, na caraterização dos carros, foi introduzida uma lista amarela, com o intuito de ainda dar mais visibilidade e segurança na estrada, aos condutores e aos militares.

 

Ainda assim, em 38 anos de existência, faleceram em serviço e resultantes de acidentes, 38 militares ao serviço da Brigada de Trânsito.

 

A própria GNR e PSP, alteram a cor da sua caracterização para a cor predominante branca, pois concluem que o estudo e a caracterização da Brigada de Trânsito era a mais correta e segura, para os seus homens e para automobilistas.

 

Em 2013, acontece a descaraterização da Brigada de Trânsito.

 

O comando da GNR, não se percebendo porquê nem dando qualquer explicação, altera a caraterização dos seus carros, para a cor cinza, o que além de menor segurança para os militares, será menos visível para os condutores o que certamente trará consequências num futuro, pois em condições climatéricas adversas, esta não é uma cor facilmente camuflada.

 

Afinal quem fez este estudo?

Quem será responsabilizado por acidentes?

O que está melhor?

 

Retirado de:

 

http://pt.scribd.com/doc/131347925/O-FIM-DA-BRIGADA-DE-TRANSITO-E-SUA-CARACTERIZACAO

 

 

 

 

publicado por Oficial de mecânica às 01:08 | link do post | comentar