Mulher morre atropelada na A41 quando sinalizava carro...

Mulher morre atropelada na A41 depois de sair do carro acidentado

Uma mulher, de 41 anos, foi atropelada na A41, na madrugada de ontem, na zona de Alfena (Valongo), por estar na faixa de rodagem depois de ter sofrido um embate na parte de trás do Mercedes SLK que conduzia.

O choque com a carrinha Renault Megane que a atropelou foi tão violento que a vítima foi projetada mais de 20 metros, vindo a morrer no Hospital de S. João, no Porto.

O acidente, no sentido Paços de Ferreira/Porto, deu-se por volta das 4.40 horas.

A condutora, que tudo indica tratar-se de Eduarda Maria Ferreira, proprietária do carro, residia junto ao Norteshopping, em Matosinhos, e regressava a casa sozinha depois de ter estado com amigos numa discoteca.

O percurso foi interrompido a pouco mais de 15 minutos de casa, quando o carro que conduzia levou um toque na traseira, que a fez perder o controlo e despistar-se, embatendo nos railes de proteção da autoestrada.

Porém, as causas do embate estão ainda por apurar.

Do primeiro acidente resultaram três feridos ligeiros, que foram transportados, apenas por precaução, ao Hospital de S. João, no Porto.

"Fomos alertados para a colisão de dois veículos que teria provocado três feridos.

Chegados ao local, verificamos que, afinal, havia cinco vítimas, uma delas uma criança, de 12 anos", contou, ao JN, Pedro Alves, comandante dos Bombeiros Voluntários de Lordelo, Paredes, corporação que foi acionada para o local por estar mais próxima do acidente.

A mesma fonte referiu que um dos feridos encontrava-se "fora da faixa de rodagem em estado muito grave", após ter sido atropelado quando se encontrava fora da viatura a tratar das formalidades do acidente em que esteve envolvida.

A vítima foi rapidamente assistida no local por uma viatura de emergência médica do S. João e pelos bombeiros de Lordelo e de Ermesinde.

A mulher morreu horas depois no hospital.

 

http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Valongo&Option=Interior&content_id=3071294

João Nabais fica ferido depois de ser atropelado na A1

Advogado atingido quando sinalizava carro, após despiste ao sair do carro para colocar o triângulo de sinalização.

Assistido nos Hospitais da Universidade de Coimbra, foi transferido para Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde ficou internado com um traumatismo crânio-encefálico, fraturas na bacia, no perónio e em duas costelas.

O acidente ocorreu às 23h30 ao quilómetro 200, entre os nós da Mealhada e Coimbra-Norte, no sentido Norte/Sul, numa altura em que chovia com intensidade e caía granizo.

Além das viaturas envolvidas no atropelamento, despistaram-se outras duas.

O Jaguar S Type do advogado, de 57 anos, foi a segunda viatura a despistar-se, chocando com o separador do lado direito.

Ao sair do carro, para colocar o triângulo de sinalização, foi atropelado por um Audi A4, que também entrou em despiste.

 

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/joao-nabais-atropelado-na-a1---014247867

 

 

 

publicado por Oficial de mecânica às 23:31 | link do post | comentar