Acidentes com motos…

Vendas de motos em Portugal aumentaram nos últimos cinco anos.

 

O número de motos vendidas em Portugal aumentou nos últimos cinco anos.

Segundo os números disponibilizados pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP), entre Janeiro e Outubro de 2012 foram vendidas 15.898 motos, mais 4.930 que em igual período de 2007.

 

http://www.andardemoto.pt/moto-news/369-vendas-de-motos-em-portugal-aumentaram-nos-ultimos-cinco-anos/

 

 

A União Europeia aprova nova legislação no que respeita às motos, aos triciclos e quadriciclos.

 

A partir de 2016, os estados membros deixarão de poder restringir a potência de origem dos motociclos (como era o caso da França onde a potência das motos estava limitada a 74Kw ou 100cv).

 

Nos países onde existam limitações no âmbito da licença de condução, serão implementadas medidas que impeçam quaisquer alterações às especificações de fábrica dos veículos limitados. No entanto as motos de versão "não limitada" ficaram de fora desta decisão, muito por força de diversos grupos motociclistas que tiveram um importante papel nesta negociação.

 

Por outro lado, todos os motociclos com cilindrada superior a 125cc terão de ser equipados com ABS,

enquanto os ciclomotores, com cilindrada compreendida entre os 51 e os 125cc, terão que obrigatoriamente ser equipados pelo menos com CBS (sistema de travagem combinada nas duas rodas).

 

Outro grande passo foi entretanto dado no combate à emissão de poluentes.

 

Em 2016 entrará em vigor a norma Euro4 e já está decidido que em 2020, com a entrada em vigor da norma Euro5, esta irá abranger todas as categorias de motociclos. Ficou ainda estabelecido que os fabricantes terão de garantir os baixos níveis de emissões de poluentes durante toda a vida do veículo, pelo que terão que provar que os dispositivos de controlo têm uma duração de pelo menos 35.000 km. E por forma a favorecer os consumidores, o fabricante deverá garantir acesso sem qualquer restrição à manutenção e reparação dos diversos sistemas.

 

O texto integral deste comunicado pode ser encontrado no site da FEMA. link abaixo:

http://www.fema-online.eu/index.php?mact=News,cntnt01,detail,0&cntnt01articleid=335&cntnt01returnid=15

 

 

Um agente da PSP ficou ferido...

 

na sequência de um choque entre um ligeiro de passageiros e a moto que conduzia, no cruzamento dos Lóios com a rua dos Clérigos, no Porto.

http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Porto&Option=Interior&content_id=2953756

 

Um jovem de 24 anos morreu...

 

quando a mota em que seguia colidiu com um veículo ligeiro na avenida de Brasília, na zona de Belém

http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Lisboa&Concelho=Lisboa&Option=Interior&content_id=2956689

 

 

Honda com sistema de airbag para motos na Gold Wing.

 

O sistema reduz o impacto do motociclista numa colisão frontal.

Possui um módulo composto por airbag e inflador, sensores de choque, para monitorar as alterações de velocidade, e um dispositivo denominado ECU (Eletronic Control Unit), responsável por realizar o cálculo que determina o momento exato do choque.

 

O acionamento ocorre por meio de quatro sensores, localizados no garfo telescópico dianteiro, que são responsáveis por identificar a mudança na aceleração causada pelo impacto, além de transmitir os dados para o ECU, que determina o tempo necessário para o airbag ser inflado. Por fim, o dispositivo envia um código eletrónico para o inflador que instantaneamente responde ao comando.

 

 

O seguro morreu de velho. Quero morrer velho e seguro em cima da moto!

 

 

 

 

publicado por Oficial de mecânica às 23:59 | link do post | comentar