Trânsito Rodoviário...

Trânsito Rodoviário

 

Para o crescimento de Portugal, a dependência energética e o consumo de energia são fatores muito importantes.

O trânsito rodoviário é a principal fonte de emissões de CO2.

O transporte individual é o principal responsável nesse cenário.

No universo total na deslocação de pessoas, por falta de melhores opções ou por puro comodismo, a utilização dos transportes públicos como: o comboio, autocarro, metro, elétrico, barco e táxi, fica-se apenas pelos 10 por cento.

 

Segundo vários estudos feitos em Portugal, por associações do consumidor e outras, apenas 1 em cada 5 pessoas está disposta a ir a pé em distâncias superiores a 500 metros. O uso diário de moto ou bicicleta no dia-a-dia fica pelo valor residual de 1,3 por cento, e na hora da compra de um automóvel novo, o custo da manutenção e do consumo são tidos em pouca conta.

 

Ficando ainda a preocupação com a segurança relevada para um terceiro lugar.

 

O impacto da “pegada” ecológica na utilização do automóvel pode ainda ser maior ou menor, consoante o estilo de condução que se adotar. Mas, pelas velocidades que se pode observar nos condutores portugueses, estes não revelam intenção de baixar os consumos de combustível por esta via. A Guarda Nacional Republicana (GNR) autuou 6.240 condutores por excesso de velocidade nas estradas nacionais no âmbito da operação "Speed Enforcement".

 

Maior ainda a falta de interesse em soluções como a partilha de carro ou utilização de viaturas movidas a outro tipo de energia como os híbridos, elétricos ou a GPL que não vai muito além dos 8 por cento.

 

Entretanto:

 

- Deve-se manter o motor bem afinado;

- Os pneus com a pressão certa;

- Colocar na bagageira apenas o necessário (demasiada carga pode aumentar o consumo em 40%);

- Conduzir dentro dos limites e de forma constante;

- Fazer uma condução defensiva por forma a evitar manobras e travagens bruscas;

- Planear o itinerário;

- Usar o ar condicionado o indispensável e não exagerar nas temperaturas.

 

                                  Boa Viagem

 

 

publicado por Oficial de mecânica às 01:06 | link do post | comentar