Serviços de emergência ao local do acidente...

UE avança com chamadas automáticas em caso de acidente rodoviário.

A Comissão Europeia http://ec.europa.eu/index_pt.htm anunciou esta quinta-feira ter adotado a primeira medida para implementar, até 2015, o sistema que vai permitir aos automóveis estabelecer uma chamada direta para os
serviços de emergência.

O sistema eCall é instalado nos veículos e liga automaticamente para o número de emergência único europeu, o 112, em caso de acidente grave, comunicando aos serviços de emergência a localização do carro. O eCall, http://tek.sapo.pt/noticias/negocios/portugal_adere_a_sistema_de_emergencia_para_c_876797.html com Portugal se comprometeu já em 2007, destina-se a equipar todos os modelos de automóveis comercializados na Europa, num esforço para melhorar a rapidez de resposta dos serviços de assistência médica e fazer face a situações em que, devido à gravidade dos ferimentos, as vítimas não têm os reflexos ou capacidade física para fazer uma chamada de emergência.

De acordo com as estimativas da Comissão, a tecnologia deverá acelerar a chegada das equipas de socorro em cerca de 40% nas zonas urbanas e 50% nas zonas rurais. Esta quinta-feira, a Executivo europeu adotou uma Recomendação "apelando aos Estados-membros para que garantam que os operadores de redes telefónicas móveis melhorem a sua infraestrutura e para que as chamadas eCall possam ser transferidas eficientemente para os serviços de
emergência", lê-se no comunicado de imprensa.

O objetivo da Comissão é ter o serviço totalmente operacional em toda a União Europeia, bem como na Croácia, Islândia,
Noruega e Suíça, até 2015. Recorde-se que http://tek.sapo.pt/noticias/telecomunicacoes/comissao_europeia_apela_a_adopcao_de_tecnolog_881987.html oesforços para levar a cabo a iniciativa data já de 2005, altura em que 2009 era apontado como horizonte temporal para a concretização.

"Estou feliz por termos dado (…) o primeiro passo para que milhões de cidadãos beneficiem do eCall, um sistema que pode reduzir drasticamente o tempo que os serviços de emergência demoram a chegar ao local dos acidentes. O sistema salvará centenas de vidas e reduzirá a dor e o sofrimento das vítimas de acidentes rodoviários", afirmou a vice-presidente da Comissão e responsável pela Agenda Digital, Neelie Kroes, citada na nota oficial.

A esta Recomendação vai seguir-se a adoção pela Comissão de especificações para a modernização dos centros de atendimento de chamadas de emergência e de uma proposta de regulamento, exigindo que a partir de 2015 sejam instalados, em todos os novos modelos de automóveis de passageiros e veículos ligeiros, dispositivos compatíveis com o sistema. http://tek.sapo.pt/noticias/telecomunicacoes/ue_avanca_com_chamadas_automaticas_em_caso_de_1183884.html

Portugal adere a sistema de emergência para carros da UE

Portugal está entre os 12 Estados-membros da União Europeia que aderiu à iniciativa eCall, que pretende estabelecer um sistema pan-europeu de chamadas de emergência para veículos até 2010 baseado no 112. O memorando de entendimento
foi assinado hoje a par com a Espanha e a República Checa.

O objectivo do sistema eCall é reduzir o número de vítimas de acidentes na estrada através da implementação de tecnologia nos carros que permite estabelecer uma chamada automática para as autoridades quando acontece um desastre.

Quando o sistema estiver implementado poderá salvar 2.500 vidas por ano, mas falta ainda garantir a adesão de muitos dos Estados-membros da UE. Viviane Reding, comissária para a Sociedade da Informação e dinamizadora deste projecto alertou já para o facto de muitos países importantes estarem ainda de fora do eCall, o
que pode por em causa a sua implementação.

Para já demonstraram o seu apoio ao eCall a Alemanha, Áustria, Chipre, Finlândia, Grécia, Itália, Lituânia, Eslovénia e Suécia, assim como a Noruega, Islândia e Suiça, a que se somam os três países que hoje assinaram o protocolo. A Holanda
poderá vir a juntar-se a este grupo nos próximos meses, mas mantêm-se de fora a França e o Reino Unido.

A Comissão vai agora começar negociações com os fabricantes para equipar todos os novos carros com tecnologia de suporte ao eCall até 2010, um projecto que vem sendo desenvolvido desde 2006 e que tem por base o número europeu de emergência 112.

O projecto prevê que os carros possam emitir avisos automáticos sobre acidentes com alguma informação básica, como a localização, mesmo que o condutor e passageiros não estejam em condições de o fazer. Desta forma é reduzido o tempo necessário para a chegada de socorro. http://tek.sapo.pt/noticias/negocios/portugal_adere_a_sistema_de_emergencia_para_c_876797.html

Comissão Europeia apela à adopção de tecnologias de segurança rodoviária. 

A indústria automóvel e a Comissão Europeia estão a promover o fabrico de "carros inteligentes" , nomeadamente através da integração de um sistema tecnológico que permite a ligação automática para o número de emergência em caso de acidente. Esta é uma componente da estratégia i2010 que visa mostrar como as tecnologias da informação e comunicação (TIC) podem melhorar os serviços públicos e a qualidade de vida dos cidadãos.

Em Fevereiro deste ano a Comissão e a indústria automóvel europeia assinaram um plano de acção que estabelecia que todos os veículos da Europa fossem equipados com um serviço automático de chamadas de emergência (eCall) até 2009. "Estou muito satisfeita com o progresso do eCall. No entanto, se os estados membro não reagirem, e não investirem na infra-estrutura necessária para o serviço, haverá um atraso na apresentação da tecnologia", disse Viviane Reding na
Exposição Internacional de Motor em Frankfurt, onde está exposto o eCall e outra tecnologia de e-segurança.

Em caso de acidente, o eCall chama os serviços de emergência e reporta a localização exacta do acidente. O serviço pode ser activado de forma automática, ou manualmente, por alguém no veículo. A informação exacta da situação irá reduzir
o tempo de resposta, permitindo salvar vidas e reduzir a gravidade dos ferimentos.

Devido ao lento progresso de adopção nos estados membros, a Comissão deu inicio uma nova
campanha de comunicação. A "Bringing eCall to the Citizens" aconselha os governos nacionais a agir e a investir no eCall, para que o seu lançamento pan-europeu se realize em 2009. http://tek.sapo.pt/noticias/telecomunicacoes/comissao_europeia_apela_a_adopcao_de_tecnolog_881987.html

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Oficial de mecânica às 19:51 | link do post | comentar