Prevenção de Acidentes Rodoviários…

Automóveis novos lançados a partir de hoje têm de ter luzes de circulação diurna.

 

Os países escandinavos foram precursores do uso deste tipo de dispositivos.

Na Suécia, um dos países europeus com menos acidentes rodoviários, as luzes de circulação diurna são obrigatórias desde 1977.

 

As luzes de circulação diurnas passam a ser obrigatórias, no espaço da União Europeia, em automóveis ligeiros de passageiros e pequenos comerciais lançados (homologados) a partir de hoje – sejam eles novos modelos, em absoluto, ou remodelações dos já existentes.

A medida foi anunciada pela Comissão Europeia.

A mesma tornar-se-á válida para camiões e autocarros em Agosto de 2012.

 

“As luzes de circulação diurna darão um importante contributo para o nosso objectivo de reduzir as fatalidades nas estradas europeias.

E são também boas notícias para a protecção do ambiente uma vez que o seu baixo consumo de energia, comparado com as luzes normais, reduzirá as emissões de CO2”, diz Antonio Tajani, vice-presidente da Comissão Europeia para a indústria e o empreendedorismo.

As luzes de circulação diurna ligam-se automaticamente assim que se acciona o motor, não dependendo da acção do condutor.

A medida agora anunciada não significa que todos os carros que agora são vendidos novos vão passar a estar equipados com luzes de circulação diurna, apesar de já existirem modelos que dispõem delas.

No entanto, todos os sucessores dos actuais novos modelos terão que vir equipados com estes dispositivos.

Por exemplo, a Opel lançará a remodelação do modelo Corsa na próxima semana e todas as versões desta gama virão já equipadas com luzes de circulação diurna. Como estas medidas não são retroactivas, os automóveis que já se encontram a circular não são obrigados a montar estas luzes.

 

http://www.publico.pt/Sociedade/automoveis-novos-lancados-a-partir-de-hoje-tem-de-ter-luzes-de-circulacao-diurna_1478987

 

Sinistralidade rodoviária é a nona causa de morte no mundo.

 A sinistralidade rodoviária é actualmente a nona causa de morte, a nível mundial, prevendo a Organização Mundial de Saúde que se torne a terceira, em 2020.

 

Preocupada em inverter esta tendência, a Federação Europeia de Vítimas da Estrada (FEVR) institui, em 1995, a celebração anual do Dia Europeu em Memória das Vítimas da Estrada. Em 2005 este dia tem o reconhecimento oficial da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas e da Organização Mundial de Saúde e deixa de ser europeu e passa a ser uma celebração mundial e, desde então:

o Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada é assinalado anualmente no terceiro domingo do mês de Novembro.

http://www.aca-m.org/w/index.php5?title=FEVR_-_Anti-hemorr%C3%A1gico_pode_salvar_vidas

 

 

Site para avaliar conhecimentos em segurança rodoviária

 

A segurança das estradas é um factor importante a ter em conta quando se pretende diminuir a sinistralidade rodoviária.

Saber em qual o estado das mesmas e se tal contribui para a segurança de quem nelas circula é o objectivo da Sociedade Real para a Prevenção de Acidentes - http://www.rospa.com/ - entidade inglesa que actua na área da prevenção rodoviária.

Para que seja efectuada uma avaliação correcta é essencial que os profissionais que trabalham nesta área tenham uma formação adequada e possam partilhar informação. E foi nesse sentido que foi criado o site Road Safety Evaluation - http://www.roadsafetyevaluation.com/

 

"Estou aqui construindo o novo dia com uma expressão tão branda e descuidada que dir-se-ia não estar fazendo nada.

E, contudo, estou aqui construindo o novo dia!"

António Gedeão

 

 

 

 

publicado por Oficial de mecânica às 19:22 | link do post | comentar